segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Treinamento em NYC + primeiros momentos

Primeiro de tudo, NAO briguem comigo por estar tão sumida. A vida de au pair é uma correria só (mas confesso também que tive tempo as vezes, mas deixei a preguiça me dominar).
Como exigido pela minha linda e amada melhor amiga, vim atualizar aqui para vocês. Prometo que vou tentar contar tudo o que está acontecendo e deixar vocês atualizados.
Já tem 1 mês e meio que estou nessa vida louca e muuuitas coisas já aconteceram. Mas primeiro vou contar da minha semana de treinamento e dos primeiros momentos aqui na casa.
Bom, saí de Vitoria no dia 15/07 e foi a pior sensação da minha vida. Meu peito nunca doeu tanto quanto naquele dia e eu nunca me senti tão mal por deixar todos que eu amo tão tristes e eu estar indo embora. Amo cada um que estava naquele aeroporto e sinto falta de cada um deles cada dia um pouquinho mais. Depois de chorar descontroladamente e quase perder meu embarque por não conseguir entrar na sala de embarque, entrei no avião e chorei o voo inteiro para SP. Lá em SP dormi na casa da minha amiga Marina e no outro dia de madrugada saí para ir para o aeroporto. Juro que estava tranquila o voo inteiro e mesmo com as meninas super nervosas e ansiosas para chegar.
O treinamento em NY é super cansativo, mas também tem seus momentos de diversão. Fiz amizades lá que só quem está nesse mesmo barco irão entender. A gente acabou de se conhecer, mas parecem que estão na minha vida desde sempre e com certeza vou leva-las para sempre. E nem da pra descrever o passeio por NY city né? É incriiiiiiiiiiiiivel.. como não amar NY?? Impossível ! aquela cidade é apaixonante e incrivelmente linda.
Aí dia 20/07 nos despedimos de NY para cada uma seguir seu caminho. Eu vim sozinha para o Texas. Dormi o voo inteiro e só fiquei nervosa quando estava esperando para desembarcar. Desembarquei e fui pegar minhas malas quando vi o Host Dad segurando o menino. Aí nos comprimentamos e já estávamos andando quando a Host Mom veio correndo na minha direção com a menina atraz, me abraçou e começou a chorar, dizendo que estava muito feliz por eu estar ali e que estava ansiosa por aquele momento. Eles me mostraram a cidade e depois fomos jantar num restaurante tipicamente texano. Depois viemos para casa, me mostraram a casa, me deram presentes e eu fui dormir porque estava super cansada. No final de semana passeamos mais pela cidade, eles me mostraram como seria a rotina e me apresentaram pra um monte de gente. Por isso gente, escolham bem a família. Meu intercambio não estaria sendo tão bom se não fosse pela minha família. Eles realmente me tratam como membro da família e não como uma empregadinha que são obrigados a aturar.
Vou parar de falar senão o post vai ficar muito grande. Prometo que amanhã volto pra contar sobre o resto.

BEIJOSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS!! S2









4 comentários:

  1. Eu tava doida por esse post! hahaha
    Você caiu do céu Erika, pra me ajudar com meus questionamentos! hahahaha
    Continua contando, e mais uma vez, parabéns pela Host Family.
    Que Deus abençoe seu ano, e sua family! :)

    ResponderExcluir
  2. HAHAHAHA que bom que eu to ajudando, Sara.
    qualquer duvida, me avisa ou deixa aqui no blog que eu respondo =)

    e muito obrigada !!
    beijoss

    ResponderExcluir
  3. Finalmente!!!!
    Ta dificil p se falar pelo pc e vc ainda não posta aqui ne??
    Ameeei!!!!

    ResponderExcluir